#PedalemCasacomCausa e o engajamento no combate à violência doméstica

Responsabilidade Social Corporativa em tempos de pandemia – qual legado estamos construindo para o novo mundo?
10 de junho de 2020
#DoadorDeFerro
15 de junho de 2020
Show all

#PedalemCasacomCausa e o engajamento no combate à violência doméstica

A ação Pedal Feminino em Casa com Causa foi idealizada para promover um encontro e empoderar mulheres por meio de um treino de ciclismo em um domingo de manhã (7 de junho) dentro de suas próprias casas e pelo aplicativo Zwift e pelo Zoom. As plataformas permitiram que elas pedalassem em prol de uma causa séria: o abuso e a violência doméstica. Medida de combate à pandemia da Covid-19, o distanciamento social agravou significativamente os casos de violência doméstica em todo o Brasil. De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSB), o número de denúncias à Polícia Militar aumentou 44,9% em São Paulo, comparado ao mês de março em 2019, enquanto a quantidade de feminicídios cresceu 46,2%.

Pensando nisso, a Unlimited Sports se uniu a alguns dos movimentos que existem com um objetivo em comum: fomentar a prática do esporte para o público feminino. Sendo assim, juntas elas mobilizaram e arrecadaram R$10.460 para o projeto Mapa do Acolhimento. Esta presta acompanhamento psicológico e jurídico a mulheres que precisam e pedem amparo, vítimas de violência doméstica. O Elas no Triathlon é uma iniciativa pioneira neste setor. “O esforço de mulheres para ajudar mulheres é o nosso lema, dentro e fora das pistas. Nós acreditamos que empatia, união e solidariedade são o caminho que pode trazer luz nesses tempos de sombra. Elas precisam de todas nós, e nós pedalamos por elas!” Afirma Leila D’Aprile, uma das responsáveis pelo movimento. “Iniciativas como esta são essenciais em um momento tão delicado. Incentivar a união entre mulheres dentro de um espaço competitivo como o do esporte é importante para que possamos mostrar a nossa força e dar visibilidade a um cenário ainda tão longe de ser seguro para todas”, afirma Bárbara Tomiatti, coordenadora de projetos sociais na Unlimited Sports.

Direto de Brasília, a triatleta Ana Paula Bonetti, uma das idealizadoras do Mulheres Do Tri, ressalta a relevância de unir forças por uma causa tão importante: ‘’O slogan do nosso grupo, #juntassomosmaisfortes, tem tudo a ver com esse evento. A reunião de três diferentes movimentos femininos do triathlon em uma ação para reverter fundos em prol de instituição voltada à defesa das mulheres em situação de vulnerabilidade, como é o projeto Mapa do Acolhimento, é a expressão máxima do que entendemos por sororidade, em todas as suas dimensões – ética, política e prática.’’ Já a triatleta Luca Glaser reitera a importância de eventos como este no cenário atual. “É uma luta de todas nós, mulheres. A ação reúne atletas e outros grupos de forma online e levanta a bandeira de combate à violência doméstica”, comenta. Luca é idealizadora e uma das embaixadoras do Mulheres no Tri, que nasceu com princípios consoantes ao Pedal Feminino em Casa com Causa: unir e incentivar a participação de mulheres no triathlon.

Juntas somos mais fortes e capazes de transformar a realidade em que vivemos. Sabemos que ainda há um percurso longo pela frente, como disse a Larissa, coordenadora do projeto Mapa do Acolhimento, “sonhamos com um mundo em que iniciativas de proteção como esta não precisem mais existir.”  Enquanto esta não é uma realidade no cenário em que vivemos, seguiremos percorrendo este percurso juntas e juntos, trazendo visibilidade ao assunto e correndo (ou pedalando e nadando) ao lado de todas elas! 💜⠀

Compartilhe: